Elétrica

Como funciona o Inversor de Frequência na prática

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 13/07/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe como funciona o Inversor de Frequência na prática?

Nesse artigo, você vai descobrir como funciona o Inversor de Frequência e porque ele é muito importante na indústria.

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo. Nele você vai aprender sobre:

E se você gostou do que vem por aí, então não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos nas redes sociais, para que eles possam descobrir como funciona o Inversor de frequência.

Mas antes de ler este artigo completo, conheça nossos 3 cursos com certificado reconhecido e descubra porque 2000 alunos tiveram resultados.

Curso de Projeto Elétrico na Prática

Curso de projeto elétrico na prática com engenheiro eletricista Anderson Campos

Acesse o botão verde abaixo e descubra finalmente como elaborar projetos elétricos da teoria a prática.

Curso de Eletricista Instalador

Curso de eletricista instalador com Ricardo Serpa

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como se tornar ser um eletricista instalador muito bem remunerado.

Curso de Comandos Elétricos

Curso de comandos elétricos com Jair Maciel dos Santos

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como fazer montagem e manutenção de comandos elétricos industriais e sistemas automatizados.

Escolha um dos cursos acima para saber mais e faça a sua inscrição hoje com até 50% desconto em 12x no cartão, PIX ou boleto a vista e ainda ganhe bônus exclusivos.

Como funciona o Inversor de Frequência

O Inversor de Frequência é um equipamento eletrônico que serve para acionar um motor elétrico.

Mas a sua principal função serve para variar a rotação de um motor de indução trifásico.

Neste caso, esta variação ocorre devido a alterações da frequência que o Inversor de Frequência pode gerar nos seus contatos de saída.

E por consequência dessa variação de frequência na saída do Inversor, é possível alternar a velocidade que o motor irá trabalhar.

Mas como funciona a frequência do inversor, é o que vamos entender agora.

Frequência no Inversor

Neste caso, é importante destacar que quando falamos de motores elétricos de indução ou corrente alternada.

Nós temos a frequência que é medida em Hertz diretamente relacionada ao RPM.

E neste caso, o RPM é o que chamamos de rotações por minuto de um motor.

No Brasil, por exemplo, as concessionárias de energia elétrica fornecem energia alternada com uma frequência de 60Hz.

Mas o que a frequência tem haver com a velocidade do motor, é o que vamos entender agora.

Aumento da frequência

De maneira resumida,  podemos dizer que quanto maior a freqüência.

Então mais rápido os RPMs ou maior será a velocidade de rotação do motor. 

Mas então porque o Inversor de Frequência é importante é o que vamos entender agora.

Por que o inversor de Frequência é importante

Neste caso, isso acontece porque nem toda aplicação necessita de um motor funcionando na velocidade cheia.

Ou que ele esteja na velocidade máxima que seria de 3600 RPM.

Por isso, o Inversor de Frequência é um equipamento que se tornou muito importante na indústria.

Na imagem abaixo é possível visualizar um exemplo de um inversor de frequência, confira.

Como funciona o Inversor de Frequência CFW500 da WEG

Na imagem acima, temos o modelo CFW500 da WEG.

Mas então como o Inversor de Frequência controla a velocidade de um motor, é o que vamos entender agora.

Como o Inversor de Frequência controla a velocidade do motor

Na prática, a frequência da rede por onde o Inversor de Frequência será alimentado irá determinar a velocidade síncrona do campo elétrico que o motor irá trabalhar.

Isso significa que a frequência da rede por onde o Inversor será alimentado é o que chamamos de frequência de entrada do motor.

E o Inversor de Frequência deve atuar fazendo alterações nesta frequência na entrada do motor.

Quanto maior a frequência

Agora observe que se essa frequência for muito maior, então a velocidade do motor tende a ser maior.

Mas se essa frequência  for menor, então a velocidade do motor tende a ser menor.

E é assim que podemos controlar facilmente a velocidade com a qual esse motor irá trabalhar. 

Antes de finalizar essa explicação sobre o Inversor de Frequência é importante destacar que existem algumas diferenças entre o Inversor de Frequência e o Soft Starter.

Diferença entre o Inversor de Frequência e o Soft Starter

Isso acontece porque muitas pessoas têm dúvidas sobre a utilidade destes tipos de equipamentos que possuem funções bem similares.

Na imagem abaixo é possível visualizar o Inversor de Frequência CFW500 do lado direito e o Soft Starter SSW07 do lado esquerdo.

Na imagem acima é possível visualizar que ambos os equipamentos são da WEG que é uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos industriais.

Neste caso, nós fizemos um artigo explicando a diferença entre o Inversor de Frequência e o Soft Starter na prática.

E se você tiver interesse, então acesse o artigo acima para saber mais.

Mas antes de finalizar este artigo que explica como funciona o Inversor de Frequência, confira a nossa recomendação abaixo.

Mais informações sobre o Inversor de Frequência

No artigo acima, nós explicamos como funciona o Inversor de Frequência na prática.

Mas neste caso, é importante destacar que nós já fizemos um artigo completo explicando o que é o  Inversor de Frequência e para que ele serve.

Além disso, nós também explicamos quais são os tipos de inversores de frequência. 

E também como funciona na prática o inversor de frequência CFW500 da WEG.

Por isso, se você tiver interesse, então acesse o artigo acima para saber mais.