fbpx

Elétrica

Qual a diferença entre PT100 e termopar

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 06/09/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe qual a diferença entre PT100 e termopar?

Neste artigo, você vai descobrir qual a diferença entre PT100 e termopar e quais as principais características desses sensores de temperatura.

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo.

Mas antes de ler este artigo completo, você precisa baixar agora o Novo Kit 9 eBooks para Eletricistas e Engenheiros, confira.

Clique no botão abaixo para conhecer todos os 9 eBooks e baixar agora.

Curso de Projeto Elétrico na Prática

Curso de projeto elétrico na prática com engenheiro eletricista Anderson Campos

Acesse o botão verde abaixo e descubra finalmente como elaborar projetos elétricos da teoria a prática.

Curso de Eletricista Instalador

Curso de eletricista instalador com Ricardo Serpa

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como se tornar ser um eletricista instalador muito bem remunerado.

Escolha um dos cursos acima para saber mais e faça a sua inscrição hoje com até 50% desconto em 12x no cartão, PIX ou boleto a vista e ainda ganhe bônus exclusivos.

Qual a diferença entre PT100 e termopar na prática

É muito comum haver dúvidas sobre a diferença entre PT100 e termopar.

Neste caso, é importante lembrar que os termopares e termoresistências são tipos sensores de temperatura.

Mas o PT100 é uma termoresistência que geralmente é feita de platina onde a sua resistência a zero graus célsius é 100 ohms.

O PT100 é uma termorresistência

Na imagem abaixo é possível visualizar um exemplo de um sensor de temperatura PT100, confira.

Qual a diferença entre PT100 e termopar na prática

Na prática, o PT100 contém um resistor que altera o valor da resistência conforme sua temperatura se altera.

Mas como funcionam os sensores termopares, é o que vamos explicar agora.

Sensores de temperatura termopar

No caso dos sensores termopares, eles são compostos de 2 fios metálicos de onde a temperatura é medida através da passagem da corrente.

Neste caso, estamos referindo a dois condutores metálicos diferentes unidos em uma das suas extremidades.

E eles estarão expostos a uma variação de temperatura, onde gera milivolts e assim é possível medir a temperatura.

Mas é importante destacar que ao escolher um dois dois tipos acima, o mais importante é verificar outros fatores como por exemplo, a temperatura máxima do seu processo.

Isso significa que quando falamos em termoresistência, seu range de medição de temperatura pode ir até 1000°C e o termopar irá até 1700°C.

Por isso deve-se analisar a temperatura máxima do processo que será analisado.

Outras principais diferenças

Como dissemos acima, os termopares funcionam de acordo com a temperatura gerando milivolts para fazer a medição e o PT100 é de acordo com a resistência que se altera.

Em relação ao preço, os termopares geralmente são considerados mais baratos, enquanto o PT100 é considerado mais caro.

Mas é importante destacar que o termopar não é tão preciso quanto um sensor PT100.

Outro detalhe importante é que os termopares geralmente suportam uma maior faixa de temperatura a ser medida.

Além disso, o sensor PT100 ainda é considerado mais fácil de usar e instalar, sendo um dos tipos de sensores mais usado na indústria.

Mas antes de finalizar esse artigo que explica a diferença entre PT100 e termopar, confira as nossas recomendações abaixo.

Mais informações sobre o PT100 e termopar

No artigo acima, nós explicamos a diferença entre PT100 e termopar, e quais as suas principais características

Mas é importante destacar que nós já fizemos um artigo completo explicando o que é o sensor PT100, para que ele serve, quais os tipos e como ele funciona na prática.

Por isso, se você tiver interesse, então acesse o artigo acima para saber mais.