Elétrica

3 tipos de temperatura de cores para lâmpadas e qual escolher

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 04/05/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe para que servem os tipos de temperatura de cores para lâmpadas?

Neste artigo, você vai descobrir o que são as temperaturas de cores para lâmpadas, para que serve e porque elas são muito importantes.

E também vai descobrir quais são os 3 tipos de temperatura de cores para lâmpadas e em quais ambiente elas devem ser usadas do jeito certo.

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo.

Mas antes de ler este artigo completo, conheça nossos 3 cursos com certificado reconhecido e descubra porque 2000 alunos tiveram resultados.

Curso de Projeto Elétrico na Prática

Curso de projeto elétrico na prática com engenheiro eletricista Anderson Campos

Acesse o botão verde abaixo e descubra finalmente como elaborar projetos elétricos da teoria a prática.

Curso de Eletricista Instalador

Curso de eletricista instalador com Ricardo Serpa

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como se tornar ser um eletricista instalador muito bem remunerado.

Curso de Comandos Elétricos

Curso de comandos elétricos com Jair Maciel dos Santos

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como fazer montagem e manutenção de comandos elétricos industriais e sistemas automatizados.

Escolha um dos cursos acima para saber mais e faça a sua inscrição hoje com até 50% desconto em 12x no cartão, PIX ou boleto a vista e ainda ganhe bônus exclusivos.

O que é temperatura de cores para lâmpadas

A temperatura de cores é a aparência cromática da luz emitida por determinada fonte luminosa.

Neste caso, estamos fazendo uma referência direta apenas à percepção que a iluminação produz aos olhos humanos.

Mas é importante destacar que isso não tem nada a ver com a temperatura física em si, apenas com a cor da luz.

Para que serve a temperatura de cores

A temperatura de cores para lâmpadas ideal é muito importante para os estudos de luminotécnica em cada ambiente.

O estudo da luminotécnica e a temperatura de cores é muito importante porque o corpo humano é regulado pelo ciclo circadiano.

Neste caso, o ritmo circadiano é basicamente como um relógio interno de 24 horas que está em funcionamento no interior do nosso cérebro.

Por isso, ele regula os ciclos entre sonolência e alerta em intervalos regulares, e também é conhecido como o seu ciclo de sono ou vigília.

E tudo isso está diretamente ligado ao nosso ritmo biológico que também está diretamente ligado à influência da luz natural e ao ciclo do sol.

Nós já fizemos um artigo completo explicando sobre a importância da luminotécnica em projetos elétricos.

Se você quiser aprofundar neste assunto, então acesse o artigo acima para saber mais.

Porque a temperatura de cores é importante

Se não for escolhida adequadamente, a temperatura de cores para lâmpadas nos ambientes pode gerar sérios problemas de saúde.

Neste caso, podemos citar o exemplo de lâmpadas com cores muito fortes dentro de ambientes como quartos.

Esse tipo de iluminação pode gerar estresse, cansaço e irritação e ainda ocasionar noites de sono mal dormidas.

E uma noite de sono mal dormida pode gerar efeitos imediatos na produção de hormônios, na qualidade dos seus exercícios e até nas funções cerebrais.

Na prática, uma noite ruim ou mal dormida fará com que você sinta sono o dia todo e pode reduzir drasticamente a sua produtividade no dia a dia.

Por isso, neste caso a recomendação seria escolher temperaturas de cores mais sóbrias e aconchegantes para estimular uma noite de sono mais agradável.

Na prática, existem três tipos de temperatura de cores muito conhecidas.

Escala de temperatura de cores

Para entender como funciona a temperatura de cores é importante destacar que temos uma escala.

Neste caso, a unidade de medida da temperatura de cores se chama Kelvin (K) e o símbolo utilizado é a letra K.

E essa temperatura corresponde à temperatura que o corpo negro estaria ao emitir luz de mesma cor. 

Na imagem abaixo é possível visualizar a escala de temperatura de cores, confira.

Escala de temperatura de cores

Na imagem acima temos uma escala de temperatura que varia de 1000K a 10000K.

E também temos alguns exemplos de cores que podem ser comparados às cores de uma luz de vela até a cor do céu quando está mais pálido.

Analisando a escada de temperatura de cores

Neste caso, se você analisar a escala de temperatura de cores para lâmpadas mais atentamente, conseguirá fazer as seguintes observações abaixo.

Ou seja, você poderá observar que quanto mais alta a temperatura de cor, mais branca será a tonalidade da luz emitida.

E quanto mais baixa é a temperatura de cor, mais amarelada é a tonalidade.

Por isso, é importante destacar que a temperatura de cor é representada pela unidade de medida em Kelvin e o símbolo utilizado é a letra K.

De maneira geral, quanto menor a grandeza na escala Kelvin, mais amarelada a luz se apresenta, o que definimos como cores quentes.

Em seguida, quanto maior a temperatura, temos as cores frias e azuladas.

Mas é importante destacar que isso não tem relação direta com a temperatura física da lâmpada.

Ou seja, a temperatura de cor da lâmpada não tem relação com o calor físico emitido pela lâmpada.

Temperatura de cores quentes a cores frias

Na imagem abaixo é possível visualizar uma comparação entre os tipos de temperatura de cores para lâmpadas, confira.

Tipos de temperatura de cores para lâmpadas

Observando a imagem acima com todas as suas escalas, iremos aprender no próximo tópico que existem três tipos de cores com suas respectivas temperaturas de cores.

Neste caso, temos as cores quentes com uma temperatura de até 3000K.

Em seguida, temos as cores neutras com uma temperatura entre 3000K a 5000K.

E também temos as cores frias com uma temperatura superior a 5000K.

Todas as faixas de temperaturas acima são baseadas no exemplo citado da imagem e podem variar conforme a necessidade do cliente.

Tipos de escala de temperatura de cores

Conforme observado na imagem acima, podemos concluir que existe uma faixa de temperatura para cada tipo de luz.

Neste caso, podemos dizer que a luz quente geralmente possui uma faixa de temperatura que varia até 3000K.

Em seguida temos a luz neutra que possui uma faixa de temperatura que pode variar de 3000K a 5000K.

E por último, temos a luz fria que possui uma faixa de temperatura acima de 5000K.

Neste caso estamos falando das luz quente, luz neutra e a luz fria, confira abaixo.

Tipos de temperatura de cores

Para entender os tipos de temperatura de cores para lâmpadas é importante explicar que o objetivo é apenas simular a iluminação natural.

Neste caso, observe que no início e no fim do dia, o sol proporciona uma luz amarelada que geralmente causa relaxamento.

Mas ao longo do nosso dia você consegue perceber que temos um grande aumento da temperatura de cor da luz solar.

Essa temperatura da luz solar pode atingir cerca de 6500K ao meio dia, e isso aumenta nossa concentração e principalmente a nossa produtividade.

E é com base em todos esses estudos de como a luz natural interfere no nosso dia a dia.

É que tentamos manipular a luz artificial a fim de alcançar o melhor desempenho para cada ambiente ou cada situação.

Na imagem abaixo é possível visualizar três tipos de temperatura de cores, confira.

Tipos de temperatura de cores

Conforme a imagem acima temos os tipos de temperatura de cores quentes, neutras e cores frias com a sua escala de temperatura.

Neste caso, vamos explicar agora cada uma delas e vamos começar pelas cores quentes, confira abaixo.

Luz quente

As cores quentes ou luzes quentes possuem uma temperatura de cores que varia abaixo de 3000K.

Conforme a imagem acima é possível visualizar que esse tipo de luz quente possui uma tonalidade mais amarelada

Neste caso, a luz quente é ideal para quem deseja criar ambientes mais sóbrios, aconchegantes e acolhedores.

Agora nós vamos entender para que serve as cores neutras, confira abaixo.

Luz neutra

As cores neutras ou luzes neutras possuem uma temperatura de cores que variam de 3000K a 5000K.

Conforme mostrado na imagem acima, este tipo de iluminação possui uma tonalidade mais 

Neste caso, a luz neutra é indicada para ambientes onde se deseja criar uma iluminação que seja apenas semelhante à luminosidade natural.

Esse tipo de iluminação também pode ajudar a criar um efeito de animosidade por consequência disso um aumento de rendimento das pessoas.

Agora nós vamos entender para que serve as cores frias, confira abaixo.

Luz fria

As cores frias ou luzes frias possuem uma temperatura de cores que pode variar a partir de 5000K.

Conforme mostrado na imagem acima, é possível visualizar que esse tipo de iluminação possui uma tonalidade mais branca ou branca azulada.

Neste caso, esse tipo de iluminação com luz fria é recomendada para espaços dinâmicos com muitas pessoas e que seja necessário uma boa iluminação.

Outro detalhe importante, é que elas também são utilizadas com o objetivo de estimular o máximo rendimento.

Além disso, esse tipo de iluminação com luz fria é ideal para ambientes que precisam de uma excelente iluminação, como escadas e corredores.

Mas onde deve ser usado cada um desses tipos de temperatura de cores, é o que vamos conferir agora.

Onde usar os tipos de temperatura de cores

Antes de explicar onde usar os tipos de luzes quentes, neutras ou frias é importante destacar que a escolha da iluminação é essencial na construção de um ambiente.

E como dissemos ao longo desse artigo, ela terá uma grande influência em nossas sensações e em nosso estado de ânimo.

Mas a definição da temperatura de cores para lâmpadas em um espaço vai muito além do gosto pessoal.

E ainda existem vários detalhes importantes que podem auxiliar no momento de escolher entre luz quente, neutra ou fria.

Por isso, vamos conferir abaixo algumas orientações muito comuns entre os profissionais, confira.

Tipos de ambientes com temperatura de cores

Observe que a temperatura de cores para lâmpadas é muito importante tanto em residência, comércios e indústrias.

E na imagem abaixo é possível visualizar os tipos de cores quentes, neutras e frias com a faixa de temperatura para cada tipo de ambiente.

Tipos de temperatura de cores para ambientes

Na imagem acima é possível visualizar a faixa de temperatura de cores para ambientes domésticos, ambientes comerciais e ambientes industriais.

Mas em qual desses ambientes é recomendado usar a luz quente é o que vamos conferir agora.

Onde usar a temperatura de cores com luz quente

As cores quentes são muito utilizadas em residências ou em ambientes considerados domésticos.

Em residências são usadas iluminações com tons mais amarelados para gerar um ambiente mais sóbrio, aconchegante e acolhedor para uma noite de sono.

Ou seja, esse tipo de iluminação com tons mais quentes são muito utilizados em salas de estar, dormitórios, área de lazer, recepções e lounges.

Mas também podem ser encontrados em ambientes comerciais como restaurantes para criar um clima mais sociável, íntimo e confortável.

No geral, esse tipo de iluminação é recomendada para ambientes de descanso e relaxamento ou aconchegante.

Agora vamos descobrir onde usar a luz neutra, confira abaixo.

Onde usar a temperatura de cores com luz neutra

Em residências, esse tipo de iluminação pode ser usado em cozinhas, instalações sanitárias e lavanderias.

E também em locais de estudos e leitura como iluminação geral.

Mas também pode ser recomendada para alguns ambientes comerciais como escritórios, ou em home offices e empresas em geral.

Isso acontece porque esse tipo de cor diminui em nós seres humanos a produção de melatonina.

E se você ainda não sabe o que é melatonina, ele é um tipo de hormônio responsável por ajustar nosso relógio biológico e desta forma ficamos mais produtivos.

No geral, esse tipo de iluminação é adequado para ambientes que envolvam atividades com níveis mais moderados de atenção.

Agora vamos descobrir onde usar a luz fria , confira abaixo.

Onde usar a temperatura de cores com luz fria

Esse tipo de luz fria é muito utilizado em ambientes comerciais e industriais, principalmente ambientes industriais.

Isso acontece porque esse tipo de iluminação é recomendado em ambientes onde haja a necessidade de executar tarefas que demandam maior atenção.

Além disso, elas podem interferir diretamente no rendimento do ambiente de trabalho e gerar maior concentração.

No caso das indústrias é muito utilizado as cores frias que possuem tonalidades brancas e geram uma boa iluminação.

Caso contrário, uma luz quente poderia propiciar o sono e desviar a atenção dos trabalhadores. 

Neste caso, podemos citar vários exemplos como indústrias, clínicas, hospitais, drogarias e ambientes corporativos.

Além disso, a temperatura de cor fria também é ideal para locais onde existe muito movimento de pessoas entrando e saindo de ambientes.

Além disso, é essencial em ambientes com escadas, corredores, estacionamentos e hospitais.