Elétrica

Para que serve um termopar tipo R e onde ele é usado na prática

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 10/09/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe para que serve o termopar tipo R?

Neste artigo, você vai descobrir o que é um termopar tipo R, para que ele serve na prática e onde ele deve ser utilizado.

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo. Nele você vai aprender sobre:

E se você gostou do que vem por aí, então não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos nas redes sociais, para que eles possam conhecer o termopar tipo R na prática.

O que é um termopar tipo R

O termopar tipo R é o tipo de sensor que possui as mesmas características dos sensores termopares do tipo S.

Na prática, ele é formado por um fio de uma liga metálica constituída por Platina e uma certa quantidade de Ródio (10% e 13% respectivamente) como elemento positivo, e por um fio de Platina, como elemento negativo.

Além disso, ele possui uma altíssima precisão em função da homogeneidade e pureza dos fios dos termopares.

Confira abaixo um exemplo de um termopar tipo R.

Exemplo do termopar tipo R

Na imagem abaixo é possível visualizar um exemplo de um termopar do tipo R, confira abaixo.

Termopar tipo R

Neste caso, podemos destacar também algumas características do termopar do tipo N, confira abaixo.

Confira algumas características desse tipo de sensor:

  • Termoelemento positivo (RP): Pt87%Rh13% (Ródio-Platina)
  • Termoelemento negativo (RN): Pt100%
  • Faixa de utilização: -50 °C a 1768 °C
  • f.e.m. produzida: -0,236 mV a 21,101 mV

Mas então para que serve o termopar tipo R, é o que vamos explicar agora.

Para que serve o termopar tipo R

O termopar tipo R é adequado para medição de temperaturas de até 1600 °C.

Neste caso, ele possui alta precisão e uma sensibilidade reduzida de cerca de 10 µV/°C.

Em alguns casos pode ser preferível usar este tipo de termopar por ter uma potência termoelétrica de 11% maior.

Mas é importante destacar que esse sensor de temperatura possui um custo elevado de aquisição e sua utilização não é tão comum na indústria em geral.

Além disso, ele também exige instrumentos receptores de alta sensibilidade, devido à baixa potência termoelétrica.

Mas onde é usado o termopar tipo R, é o que vamos descobrir agora.

Onde é usado o termopar tipo R

O termopar tipo R é recomendado a sua utilização em atmosferas oxidantes ou inertes.

E também em ambientes onde a temperatura pode atingir até cerca de 1.480 °C ou conforme estimado pelo fabricante.

Neste caso, é importante destacar que esse termopar também apresenta uma curva que varia irregularmente para temperaturas abaixo de 0 °C.

Por isso, ele não deve ser recomendado para este tipo de propósito de baixas temperaturas..

Além disso, é importante destacar que tanto o termopar tipo R ou o termopar tipo S usado de maneira contínua em altas temperaturas, tendem a gerar desgastes excessivos.

Esse desgaste excessivo no seu uso contínuo pode romper o termopar.

E isso acontece porque o material de platina pura do termopar torna-se muito quebradiço.

Por último, é importante lembrar que esse tipo de termopar não deve ser utilizado em atmosferas redutoras, a menos que estejam devidamente protegidos.

Mas antes de finalizar esse artigo que explica para que serve o sensor termopar tipo R, confira as nossas recomendações abaixo.

Mais informações sobre termopar tipo R

No artigo acima, nós explicamos o que é o termopar tipo R, para que ele serve e onde esse tipo de termopar deve ser usado na prática.

Mas é importante relembrar que nós já fizemos um artigo completo explicando cada um dos tipos de termopares, para que eles servem e como eles funcionam na prática.

Por isso, se você tiver interesse, então acesse o artigo acima para saber mais.