Elétrica

Quais os tipos de multímetro e qual escolher

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 04/10/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe quais são os tipos de multímetro?

Nesse artigo, você vai descobrir quais são os tipos de multímetro, para que eles servem, onde são usados e qual o melhor tipo.

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo.

Mas antes de ler este artigo completo, conheça nossos 3 cursos com certificado reconhecido e descubra porque 2000 alunos tiveram resultados.

Curso de Projeto Elétrico na Prática

Curso de projeto elétrico na prática com engenheiro eletricista Anderson Campos

Acesse o botão verde abaixo e descubra finalmente como elaborar projetos elétricos da teoria a prática.

Curso de Eletricista Instalador

Curso de eletricista instalador com Ricardo Serpa

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como se tornar ser um eletricista instalador muito bem remunerado.

Curso de Comandos Elétricos

Curso de comandos elétricos com Jair Maciel dos Santos

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como fazer montagem e manutenção de comandos elétricos industriais e sistemas automatizados.

Escolha um dos cursos acima para saber mais e faça a sua inscrição hoje com até 50% desconto em 12x no cartão, PIX ou boleto a vista e ainda ganhe bônus exclusivos.

Quais são os tipos de multímetros

O multímetro é uma ferramenta de trabalho muito usada pelos profissionais da área elétrica e eletrônica.

Na prática, o multímetro é usado para fazer testes e análises no funcionamento de equipamentos e seus circuitos.

Mas é importante destacar que existem dois tipos de multímetros, é o que vamos conferir agora.

Multímetro analógico e digital

Os multímetros podem ser classificados em dois tipos sendo eles o multímetro analógico e o multímetro digital.

E a diferença entre cada um deles está relacionado com a marcação das grandezas.

Na prática, o multímetro analógico possui um marcador de grandezas analógicas, e o outro tipo de multímetro possui um mostrador digital para visualizar as grandezas que são medidas.

Confira abaixo como funciona cada um desses tipos de multímetros.

Tipos de multímetro analógico

O multímetro analógico é o tipo de multímetro mais antigo e realiza a verificação da leitura por meio de força eletromagnética em seu ponteiro.

Mas é importante destacar que apesar de ser um modelo mais antigo, ele também consegue executar a função de medir as grandezas elétricas com eficiência.

Na prática, esse tipo de multímetro é baseado em um galvanômetro, ou seja, utilizando a força eletromagnética para mover um ponteiro para determinadas graduações, de acordo com a corrente que circula no dispositivo.

Confira abaixo um exemplo prático de um multímetro analógico.

Exemplo de multímetro analógico

Na imagem abaixo é possível visualizar o exemplo de multímetro analógico

Tipos de multímetro analógico

Mas onde é usado o multímetro analógico, é o que vamos explicar agora.

Onde é usado o multímetro analógico

Este tipo de multímetro é indicado quando se deseja analisar variações.

Na prática, em situações onde possui variações de tensão, pois com ele você pode verificar facilmente a amplitude.

Isso acontece porque ele mostra a medição por meio de um ponteiro que fica conectado à uma bobina móvel dentro de um campo magnético, que é feito por um ímã permanente.

De maneira geral, ele é considerado bem útil para profissionais ou estudantes que têm interesse na área de eletroeletrônica.

Agora o nosso próximo passo é conhecer o tipo de multímetro digital, confira abaixo.

Tipos de multímetro digital

Os multímetros digitais são os tipos de multímetros que substituíram os multímetros analógicos.

Na prática eles substituíram esses modelos que eram baseados em agulhas devido à sua capacidade de medir com maior precisão, fiabilidade e maior impedância. 

Sendo que esse tipo de multímetro digital tem como base, a alta resistência de entrada capaz de mudar o ganho de tensão, corrente ou resistência elétrica.

Além disso, eles podem ser encontrados com tela ou visor de LED ou LCD.

Os multímetros com visor de LED possuem algumas características como serem visualizados a distâncias maiores.

E ainda podem ser usados em ambientes com pouca luz e serem considerados mais duráveis.

E no caso dos multímetros com visor de LCD são considerados uma boa opção para quem usa em locais abertos ou com muita luz solar, e também possuírem um baixo consumo de energia.

Por isso, confira abaixo um exemplo prático de um multímetro digital.

Exemplo de multímetro digital

Na imagem abaixo é possível visualizar o multímetro digital Fluke 117, confira.

Tipos de multímetro digital

Esse tipo de multímetro digital Fluke 117 acima é o multímetro ideal para eletricistas com leitura de tensão sem contato e um medidor True RMS compacto para aplicações comerciais. 

Neste caso acima, esse tipo de multímetro digital é considerado um medidor ideal para locais exigentes, como edifícios comerciais, hospitais e escolas.

Além disso, ele também integra detecção de tensão sem contato, para ajudar a fazer o trabalho de forma mais rápida e possui os recursos abaixo.

Mas onde é usado o multímetro digital, é o que vamos explicar agora.

Onde é usado o multímetro digital

O multímetro digital é o tipo de multímetro mais utilizado hoje em dia.

Ele é considerado o tipo de multímetro mais prático em relação ao modelo analógico.

E na prática, é o mais indicado quando não há grandes variações na medição.

No geral, ele é usado por profissionais nas indústrias, oficinas, laboratórios de eletrônicas para medir diferentes grandezas elétricas.

Mas então qual dos tipos de multímetros você precisa escolher na prática, é o que vamos explicar agora.

Qual o melhor tipo de multímetro

Os tipos de multímetros analógicos e digitais apresentam algumas pequenas diferenças construtivas.

Mas neste caso, as suas funções principais são muito semelhantes.

Tipo de multímetro analógico para medir variações

Na prática, a vantagem do multímetro analógico seria a sua maior capacidade de medir e observar a oscilação na medida feita.

E isso acontece porque ele mostra a variação da medição o tempo inteiro.

Ou seja, isso significa que ele tende a apresentar uma maior precisão instantânea.

Mas neste caso, ele seria uma opção a ser considerada para medir grandezas que possuem muitas variações.

Sendo que isso pode ser muito importante em situações como em teste de bobinas e capacitores, onde a corrente varia devagar e gradativamente.

Mas e o multímetro digital, é o que vamos explicar agora.

Tipo de multímetro analógico para grandezas fixas

O multímetro digital é o tipo de multímetro mais utilizado e que proporciona uma maior praticidade. 

Na prática, esse tipo de multímetro é uma opção ideal para a medição de grandezas fixas.

Além disso, ele também consegue fazer medições com maior precisão.

Ou seja, o analógico é ideal para medir grandezas que possuem muitas variações, enquanto o digital se torna ideal para a medição de grandezas fixas.

Portanto, o profissional deve verificar qual dos dois modelos será melhor avaliado conforme a aplicação que será feita.

Mas antes de finalizar este artigo que explica sobre os tipos de multímetro, leia as nossas recomendações abaixo.

Mais informações sobre os tipos de multímetro

No artigo acima nós explicamos quais são os tipos de multímetros, e como funciona o multímetro digital e o multímetro analógico na prática

Mas é importante destacar que nós já fizemos um artigo completo explicando tudo sobre o multímetro digital.

Por isso, se você tiver interesse, então acesse o artigo acima para saber mais.