Elétrica

O que são resistores elétricos e para que eles servem

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 04/07/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe o que são resistores elétricos e para que eles servem?

Neste artigo, você vai descobrir o que são resistores, para que eles servem, onde são usados e como funcionam na prática.

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo. Nele você vai aprender sobre:

E se você gostou do que vem por aí, então não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos nas redes sociais, para que eles possam entender o que são resistores.

Mas antes de ler este artigo completo, conheça nossos 3 cursos com certificado reconhecido e descubra porque 2000 alunos tiveram resultados.

Curso de Projeto Elétrico na Prática

Curso de projeto elétrico na prática com engenheiro eletricista Anderson Campos

Acesse o botão verde abaixo e descubra finalmente como elaborar projetos elétricos da teoria a prática.

Curso de Eletricista Instalador

Curso de eletricista instalador com Ricardo Serpa

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como se tornar ser um eletricista instalador muito bem remunerado.

Curso de Comandos Elétricos

Curso de comandos elétricos com Jair Maciel dos Santos

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como fazer montagem e manutenção de comandos elétricos industriais e sistemas automatizados.

Escolha um dos cursos acima para saber mais e faça a sua inscrição hoje com até 50% desconto em 12x no cartão, PIX ou boleto a vista e ainda ganhe bônus exclusivos.

O que são resistores elétricos

Os resistores elétricos são componentes que têm a função de limitar o fluxo da corrente elétrica em um circuito.

Neste caso, podemos citar um exemplo de um cano por onde está passando um fluxo de água.

E fazendo uma comparação, este fluxo de água seria a corrente elétrica do circuito.

Por isso, se houver uma resistência a esse fluxo de água no cano, então podemos dizer que haveria uma redução de água no cano.

Mas então para que servem os resistores elétricos, é o que vamos entender agora.

Para que servem os resistores elétricos

Como dissemos acima, haverá uma redução no fluxo de água dentro do cano, caso haja uma resistência durante a passagem da água.

E neste caso, os resistores elétricos também servem para criar uma resistência elétrica à passagem da corrente elétrica de um circuito.

Na imagem abaixo é possível visualizar um exemplo de resistores em um circuito, confira abaixo.

O que são resistores na prática

Na prática, o  resistor possui uma resistência maior do que os cabos e trilhas de um circuito elétrico.

Assim, ele força uma redução da corrente elétrica que passa por ele e isso também irá provocar uma queda de tensão.

Mas onde são usados os resistores elétricos, é o que vamos explicar agora.

Onde usar resistores elétricos

Os resistores estão entre os dispositivos mais simples e mais comuns entre os circuitos eletrônicos.

Neste caso, eles são produzidos em larga escala, com diferentes materiais e resistências elétricas e cada um possui uma finalidade

Mas também podemos citar alguns exemplos comuns como o uso em chuveiros elétricos, sendo que neste caso ele será usado para aquecer a água.

Também podemos citar o uso em filamentos de lâmpadas incandescentes e outros equipamentos que geram calor são exemplos de uso de resistores.

Além disso, também são usados em estufas térmicas, fornos elétricos, secadores de cabelo, ferro de passar roupas, e outras centenas de aplicações.

Mas como funcionam os resistores elétricos, é o que vamos entender agora.

Como funciona os resistores elétricos

Para entender como funcionam os resistores elétricos, é preciso entender a relação entre a tensão, corrente elétrica e resistência elétrica descrita pela Lei de Ohm.

Neste caso, o cientista alemão Georg Ohm descobriu em 1827 que a resistência elétrica é igual à tensão dividida pela corrente.

E esta fórmula acima se tornou uma das mais importantes quando falamos de eletricidade.

Resistência elétrica na primeira lei de Ohm

De acordo com a primeira lei de Ohm, a resistência elétrica é definida pela seguinte fórmula:

  • R = U / I

Ou também:

  • U = R * I

Onde:

  • R é a  resistência elétrica que é medida em Ohm (Ω);
  • U é a diferença de potencial elétrico (ddp) que é medido em Volts (V;
  • I é a intensidade da corrente elétrica que é medida em Ampère (A);

Mas é importante destacar que o valor da resistência também pode mudar conforme o material a ser utilizado, confira abaixo.

Resistência elétrica na segunda lei de Ohm

Neste caso, de acordo com a segunda lei de Ohm é estabelecido que a resistência elétrica de um material é diretamente proporcional ao seu comprimento.

E inversamente proporcional à sua área de secção transversal.

Na prática, teremos a seguinte fórmula abaixo.

  • R = ρ * L /A

Onde:

  • ρ é a resistividade do condutor que depende do material e de sua temperatura;
  • R é a resistência elétrica;
  • L é o comprimento do condutor;
  • A é a área de secção do condutor;

Mas então quais são os tipos de resistores elétricos, é o que vamos entender agora.

Quais são os tipos de resistores elétricos

De maneira geral, podemos classificar os resistores em dois tipos, sendo eles os resistores fixos e os resistores variáveis.

Vamos entender primeiro o que significa os tipos de resistores fixos, confira.

Tipos de resistores fixos

Os resistores fixos são os tipos de resistores que possuem um valor de resistência constante.

Neste caso, é importante destacar que eles são considerados os tipos de resistores mais comuns.

Esses tipos de resistores fixos podem ser axiais ou SMD.

E o s resistores SMD são aqueles resistores que são soldados sobre as placas.

E que também são os mais utilizados por serem pequenos e fáceis de montar em alta escala.

Mas então o que seria os resistores variáveis, é o que vamos entender agora.

Tipos de resistores variáveis

Diferente dos resistores fixos, este tipo de resistor variável são aqueles em que é possível mudar o valor da resistência.

Na prática, a maioria dos resistores variáveis são ajustados por movimentação mecânica.

E isso significa que o usuário precisará fazer o ajuste manualmente.

Neste caso, quando é um divisor de tensão com três terminais, então eles são chamados de potenciômetros.

Mas quando são apenas uma resistência variável, eles recebem o nome de reostatos.

É importante destacar que já existem potenciômetros digitais que são controlados por software.

E neste caso, eles são comandados por um sistema microcontrolado com por exemplo um Arduino.

Por último, podemos citar também as resistências que variam a partir de alguma grandeza física, como por exemplo, a temperatura, luz ou tensão.

E neste caso, podemos incluir também os LDRs e os varistores.

De maneira geral, teremos os potenciômetros, LDR (light depend resistor), PTC (coeficiente de temperatura positivo), NTC (coeficiente de temperatura negativo), Magnetorresistores, reostato, dentre outros.

Mas é importante destacar que os resistores também variam conforme os materiais que eles são feitos, confira abaixo.

Como são feitos os resistores elétricos

O tipo de material do qual é feito o resistor também é muito importante. 

Tipos de resistores de fio

Os tipos de resistores de fio são os tipos de resistores mais antigos.

E neste caso, eles são constituídos de um fio resistivo enrolado em um material não condutor como por exemplo, a cerâmica.

Na prática, este tipo de resistor de fio possui uma resistência elétrica baixa.

Além disso, eles também podem ser bem precisos e também podem ser ajustáveis.

Mas neste caso, uma desvantagem deste tipo de resistor de fio é que eles são enrolados como uma pequena bobina.

Então eles geram também uma indutância que pode ser significativa em circuitos de alta frequência.

Mas também temos os tipos de resistores de carvão, é o que vamos entender agora.

Tipos de resistores de carvão

Neste caso, vamos citar o exemplo de resistores de carvão ou compostos de carbono.

Eles são construídos com uma mistura de um cerâmica não condutora e partículas finas de carbono.

E apesar de esse tipo de resistor de carvão apresentar precisão mais inferior.

Neste caso, elas ainda são muito usadas, e isso acontece porque nem todo circuito exige grande precisão.

Mas também temos os tipos de resistores de filme, é o que vamos entender agora.

Tipos de resistores de filme de carbono

Neste caso, estamos falando dos resistores de filme de carbono.

Geralmente este tipo de resistor apresenta uma maior precisão em relação ao resistores de compostos de carbono.

Mas ele possui propriedades inferiores em relação aos resistores de película metálica ou película de filme de óxido metálico.

Mas também temos os tipos de resistores de película metálica, é o que vamos entender agora.

Tipos de resistores de película metálica

Esses resistores de película metálica são parecidos com os de película de carbono.

Mas neste caso, eles possuem uma uma camada de metal ao invés de uma película de carbono.

Na prática, estes tipos de resistores possuem uma melhor precisão e também uma melhor estabilidade térmica.

Sendo assim, eles geram menos ruídos nos circuitos e por isso, são os mais utilizados em circuitos de áudio.

Tipos de resistores de óxido de metal

Os  resistores de óxido de metal são os tipos de resistores que possuem uma resistência maior à temperatura.

E também uma maior confiabilidade do que os resistores de película de metal.

No geral, esses tipos de resistores de óxido de metal possuem uma maior durabilidade, 

Na prática, eles possuem a mais alta precisão disponível e estabilidade.

Mas também são considerados mais caros em relação aos demais tipos de resistores.

Mas antes de finalizar este artigo que explica o que são resistores, leia a nossa recomendação abaixo.

Mais informações sobre o que são resistores

É importante destacar que nós já fizemos um artigo completo explicando sobre a tabela de cores dos resistores e o que elas representam.

Além disso, você também vai entender como descobrir o valor da resistência de um resistor através da tabela de cores de resistores.

E nós também explicamos na prática como funciona a tabela de cores com três, quatro, cinco e seis faixas coloridas no resistor.

Por isso, se você tiver interesse, acesse o artigo acima para saber mais.