fbpx

Elétrica

Termopar tipo J e onde ele é usado na prática

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 09/09/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe o que é um termopar tipo J?

Neste artigo, você vai descobrir o que é um termopar do tipo J, para que ele serve e onde ele deve ser usado..

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo.

Mas antes de ler este artigo completo, você precisa baixar agora o Novo Kit 64 eBooks para Eletricistas e Engenheiros, confira.

Clique no botão abaixo para conhecer todos os 64 eBooks e baixar agora.

Não deixe para depois, porque todos os eBooks juntos podem não estar disponíveis em breve, então acesse o botão verde acima para saber mais e baixar todos os eBooks hoje mesmo.

O que é um termopar tipo J

O termopar tipo J é formado por um fio de Ferro puro como elemento positivo, e por um fio de Constantan, como elemento negativo. 

Na prática, ele é usado em equipamentos já obsoletos que nem sempre são compatíveis com os tipos de termopares mais modernos.

Confira abaixo um exemplo de um termopar tipo J.

Exemplo de um termopar tipo J

Na imagem abaixo é possível visualizar um exemplo de um termopar do tipo J de 4 metros por 8 mm, confira.

Termopar tipo J de 4 metros com 8 mm

Neste caso, é possível destacar algumas características do sensor termopar do tipo J.

  • Termoelemento positivo (JP): Fe99,5%
  • Termoelemento negativo (JN): Cu55%Ni45% (Constantan)
  • Faixa de utilização: -210 °C a 760 °C
  • f.e.m. produzida: -8,096 mV a 42,919 mV

Mas então para que serve o termopar tipo J, é o que vamos explicar agora.

Para que serve o termopar tipo J

O sensor termopar tipo T é recomendado para fazer medições em faixas de temperatura que variam entre -210 °C a 760 °C.

Mas é importante destacar que ele não é recomendado em atmosferas com alto teor de umidade e também em baixas temperaturas.

Isso acontece, porque o termoelemento JP pode se tornar quebradiço.

E acima de 540°C o ferro oxida-se rapidamente e também não é recomendado em atmosferas sulfurosas acima de 500°C.

No entanto, em virtude da elevada taxa de oxidação do ferro, recomenda-se que a bitola do condutor seja maior.

Ou também que seja utilizado juntamente com uma proteção de 480 ºC ou 500 ºC.

Além disso, é importante ressaltar que este não deve ser utilizado em temperaturas abaixo de 0 ºC devido à oxidação e a fragilização do Ferro. 

E também nos casos onde a sua utilização do termopar tipo J acima dos 760 °C pode levar a uma transformação magnética abrupta que estraga a calibração.

Por isso, para proteger a ponta do termopar é possível utilizar elementos como o vidro, cerâmicas ou ligas metálicas interferindo o mínimo possível na medida do termopar, evitando uma possível corrosão.

Mas onde é usado o termopar tipo J, é o que vamos descobrir agora.

Onde é usado o termopar tipo J

Assim como o termopar tipo T, este tipo de termopar pode ser utilizado no vácuo ou em atmosferas oxidantes, redutoras ou inertes.

Neste caso, para realizar medições contínuas desde 0 ºC até cerca de 800 °C.

Na prática, podemos citar alguns exemplos de aplicações em centrais de energia, em metalúrgicas e indústrias petroquímicas.

Mas antes de finalizar esse artigo que explica sobre o sensor termopar tipo J, confira as nossas recomendações abaixo.

Mais informações sobre o termopar tipo J

No artigo acima, nós explicamos o que é o termopar tipo J, para que ele serve e onde ele deve ser usado.

Mas é importante relembrar que nós já fizemos um artigo completo explicando cada um dos tipos de termopares, para que eles servem e como eles funcionam na prática.

Por isso, se você tiver interesse, então acesse o artigo acima para saber mais.