Elétrica

Como funciona um disjuntor por dentro

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 19/05/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe como funciona um disjuntor por dentro?

Neste artigo você vai descobrir como funciona um disjuntor por dentro, para que eles servem e como funcionam na prática.

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo. Nele você vai aprender mais sobre:

Gostou do que vem por aí? Então não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos nas redes sociais, para que eles possam entender como funciona um disjuntor por dentro.

Mas antes de ler este artigo completo, conheça nossos 3 cursos com certificado reconhecido e descubra porque 2000 alunos tiveram resultados.

Curso de Projeto Elétrico na Prática

Curso de projeto elétrico na prática com engenheiro eletricista Anderson Campos

Acesse o botão verde abaixo e descubra finalmente como elaborar projetos elétricos da teoria a prática.

Curso de Eletricista Instalador

Curso de eletricista instalador com Ricardo Serpa

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como se tornar ser um eletricista instalador muito bem remunerado.

Curso de Comandos Elétricos

Curso de comandos elétricos com Jair Maciel dos Santos

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como fazer montagem e manutenção de comandos elétricos industriais e sistemas automatizados.

Escolha um dos cursos acima para saber mais e faça a sua inscrição hoje com até 50% desconto em 12x no cartão, PIX ou boleto a vista e ainda ganhe bônus exclusivos.

Como funciona um disjuntor por dentro

Na prática, o disjuntor é um interruptor de desarme automático.

E esse desarme acontece quando é identificado um curto circuito ou uma sobrecarga. 

Mas então para que serve o disjuntor, é o que vamos entender agora.

Para que serve e como funciona um disjuntor por dentro

O disjuntor é projetado para suportar uma determinada corrente elétrica.

Neste caso, se ocorrer um pico de corrente ou mesmo um curto circuito que eleve consideravelmente a corrente acima do limite suportado por esse, 

Então o mesmo interrompe o circuito e protege todos os elementos que compõem esse circuito.

Como funciona um disjuntor por dentro na prática

Na imagem abaixo é possível visualizar um exemplo de um disjuntor por dentro.

Como funciona um disjuntor por dentro na prática

Na imagem acima temos um modelo de disjuntor monopolar.

Mas para explicar na prática como funciona um disjuntor por dentro.

Nós fizemos um artigo explicando como funcionam os tipos de disjuntores mais comuns.

Neste caso, nós fizemos um artigo explicando como funciona cada um dos três tipos de disjuntores mais comuns.

Se você tiver interesse, acesse o artigo acima para saber mais.

Como funciona um disjuntor por dentro e suas características

O disjuntor monitora e controla a corrente elétrica, interrompendo imediatamente sua circulação em caso de picos que ultrapassem o considerado adequado.

Neste caso, uma característica do disjuntor, é a sua capacidade de poder ser rearmado manualmente.

E  depois de interromperem a corrente em virtude da ocorrência de uma falha.

Todo disjuntor possui uma corrente máxima suportada, e passando dessa corrente eles interrompem a passagem de corrente no circuito.

Como funciona um disjuntor por dentro e a corrente máxima suportada

É importante destacar que todo disjuntor trabalha com uma corrente máxima suportada.

Essas informações são características de cada modelo e determinadas pelo fabricante.

Neste caso, a corrente elétrica que passa por ele ultrapassa o seu valor nominal.

Então ele interrompe o circuito impedindo o fornecimento de energia para as cargas do circuito.

Além de dispositivos de proteção, os disjuntores servem também de dispositivos de manobra.

Se você quiser saber mais sobre o funcionamento dos disjuntores, confira abaixo.

Mais informações sobre como funciona um disjuntor por dentro

É importante destacar que os disjuntores podem ser classificados quanto aos tipos monopolar, bipolar ou tripolar.

Além disso, temos os tipos de disjuntores térmicos, magnéticos e termomagnéticos que são os mais utilizados.

Por isso, nós já fizemos um artigo completo explicando tudo sobre os disjuntores.

Então se você tiver mais dúvidas, acesse o artigo acima para saber mais.