Elétrica

Como fazer o dimensionamento de eletrodutos na instalação elétrica

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 14/11/2021
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe como fazer o dimensionamento de eletroduto na instalação elétrica?

Nesse artigo, você vai descobrir como fazer o dimensionamento de eletroduto passo a passo e qual a taxa de ocupação conforme a NBR 5410..

Então, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo e confira o vídeo abaixo. Nele você vai aprender sobre:

E se você gostou do que vem por aí, então não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos nas redes sociais, para que eles possam saber mais sobre o dimensionamento de eletroduto.

Mas antes de ler este artigo completo, conheça nossos 3 cursos com certificado reconhecido e descubra porque 2000 alunos tiveram resultados.

Curso de Projeto Elétrico na Prática

Curso de projeto elétrico na prática com engenheiro eletricista Anderson Campos

Acesse o botão verde abaixo e descubra finalmente como elaborar projetos elétricos da teoria a prática.

Curso de Eletricista Instalador

Curso de eletricista instalador com Ricardo Serpa

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como se tornar ser um eletricista instalador muito bem remunerado.

Curso de Comandos Elétricos

Curso de comandos elétricos com Jair Maciel dos Santos

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como fazer montagem e manutenção de comandos elétricos industriais e sistemas automatizados.

Escolha um dos cursos acima para saber mais e faça a sua inscrição hoje com até 50% desconto em 12x no cartão, PIX ou boleto a vista e ainda ganhe bônus exclusivos.

O que é dimensionamento de eletroduto

Muitos profissionais da área de eletricidade tem essa dúvida de como fazer o dimensionamento de eletrodutos ou quantos cabos cabem no eletroduto.

A verdade é que quanto mais circuitos ou condutores elétricos tiver dentro de um mesmo eletroduto pode gerar problemas.

Isso significa que haverá perdas na capacidade de condução de corrente elétrica do cabo devido ao calor gerado dentro do eletroduto.

E para corrigir este problema seria necessário aumentar a seção ou bitola de fio condutor para compensar a perda de capacidade de condução de corrente elétrica.

Manutenção em eletroduto carregado

Mas outro problema que é pouco discutido é sobre a possível manutenção dessa instalação elétrica com eletrodutos carregados.

Muitos eletricistas podem ter dificuldades durante a passagem de cabos usando sondas em eletrodutos carregados e isso pode gerar atrasos e possíveis prejuízos.

E neste caso, a correta divisão dos circuitos conforme a NBR 5410 pode facilitar e muito a passagem dos condutores nos eletrodutos.

E o eletricista ainda pode localizar mais facilmente a falha na instalação e corrigir o ponto defeituoso.

Qual a taxa de ocupação do eletroduto

Para facilitar o nosso entendimento, a norma NBR 5410 no item 6.2.11.1.6 estabelece o que chamamos de taxa de ocupação do eletroduto.

Por isso a norma NBR 5410 fixa o espaço máximo do eletroduto que pode ser ocupado, como:

  • 53% no caso de um condutor
  • 31% no caso de dois condutores
  • 40% no caso de três ou mais condutores

Isso significa que de toda a área total do eletroduto, a recomendação é que os condutores não tenham mais de 40% de ocupação neste eletroduto.

Mas é importante destacar que a bitola desses condutores e cabos, bem como o número de condutores instalados em cada eletroduto, deve obedecer às especificações de projeto elétrico.

Seção mínima para dimensionamento de eletrodutos

Por exemplo, em uma residência, temos os condutores elétricos para iluminação, tomadas e tomadas de uso mais específicas.

E cada um destes tipos de condutores possuem uma bitola de fio adequada que deve ser calculada conforme o tipo de circuito ou uso do equipamento que será usado.

Para iluminação a norma NBR 5410 recomenda a seção mínima de 1,5 mm² e para tomadas de uso geral será 2,5 mm² para os condutores.

E para as tomadas de uso específico devem ser dimensionadas conforme o equipamento e orientação do projeto.

Além disso, as especificações corretas dos condutores, contribuem na redução de custos e melhor gestão do dinheiro na compra de materiais elétricos.

Por isso, é importante lembrar que os eletrodutos têm limite de espaço, pois ao colocar cabos mais finos no eletroduto o número de circuitos e cabos podem ser maiores.

Mas isso depende do dimensionamento dos cabos, pois se os cabos forem mais grossos o número de circuitos e cabos diminui.

E neste caso temos vários tamanhos e modelos de eletrodutos disponíveis no mercado como você pode conferir abaixo.

Tipos de eletrodutos para dimensionamento de eletrodutos

Os eletrodutos são materiais usados para proteger os fios e cabos elétricos em diversas instalações.

E no artigo anterior nós explicamos o que é eletroduto e quais são os tipos de eletrodutos mais usados.

Por isso, se você não viu esse artigo completo, clique aqui para saber mais sobre os eletrodutos.

Neste caso, em instalações elétricas residenciais como será dito neste artigo, o eletroduto flexível é muito usado e geralmente é instalado das seguintes maneiras:

  • Embutido em alvenaria ou DryWall,
  • Instalado acima do forro,
  • Dentro da laje,
  • Pelo piso e diversas outras formas de instalação.

E a bitola de eletrodutos que é a sua dimensão padronizada, pode possuir as seguintes dimensões abaixo, como:

  • 1/2”
  • 3/4”
  • 1”
  • 1.1/4”
  • 1.1/2”
  • 2”
  • 3”
  • 4”

Mas é importante destacar que essas são as dimensões mais comuns e são dadas de acordo com o fabricante e também devem ser consideradas em polegadas.

Mas como fazer o dimensionamento correto desse eletroduto conforme a quantidade de cabos elétricos na instalação elétrica, é o que vamos conferir agora.

Como fazer o dimensionamento de eletrodutos

Por isso você vai aprender agora como fazer para dimensionar eletrodutos na instalação elétrica.

Existem duas maneiras para fazer o dimensionamento de eletrodutos, o jeito mais rápido ou o jeito mais completo.

Para situações mais simples você pode usar a tabela simplificada da norma NBR 5410.

E para instalações elétricas mais complexas a recomendação é seguir o passo a passo mais completo.

Vamos começar pelo jeito mais simples e abordar um exemplo de uma instalação elétrica simples em uma residência.

Dimensionamento de eletrodutos do jeito simples

Para facilitar o nosso entendimento, usaremos o seguinte exemplo abaixo de uma instalação elétrica residencial.

Neste caso, estaremos considerando a passagem de dois circuitos de tomadas de uso geral em um mesmo eletroduto.

Seguindo os critérios de seção mínima estabelecidos pela norma NBR 5410, nossos condutores de tomadas serão de 2,5mm².

E cada circuito de tomadas tem um condutor fase, um condutor neutro e um condutor de aterramento.

Como são dois circuitos, isso significa que dentro do eletroduto teremos um total de seis condutores elétricos com seção de 2,5mm² cada um.

Agora nós iremos utilizar a tabela de condutores por eletroduto da norma NBR 5410 para descobrir o diâmetro do eletroduto, confira abaixo.

Como usar a tabela de dimensionamento de eletrodutos

Na tabela de dimensionamento de eletrodutos da NBR 5410 devem ser considerados os seguintes critérios:

  • Seção dos condutores
  • Número de condutores no mesmo eletroduto
  • Diâmetro mínimo de eletrodutos em polegadas

Para usar a tabela de dimensionamento de eletrodutos do jeito certo é necessário escolher a coluna que contém o número de condutores no mesmo eletroduto.

Em seguida, será necessário fazer o cruzamento com a linha referente a seção dos condutores que estão dentro do eletroduto, confira a tabela abaixo.

Neste caso, o resultado dessa interseção entre coluna e linha irá resultar no valor do diâmetro mínimo do eletroduto em polegadas que deve ser utilizado.

Resultado da tabela de dimensionamento de eletrodutos

Isso quer dizer que para o nosso exemplo acima, basta fazer a interseção da coluna que tem o número 6 com a linha 2,5mm².

E neste caso, encontramos o eletroduto com diâmetro mínimo de 1” ou uma polegada para comportar os dois circuitos.

Mas é importante destacar que essa tabela é apenas uma versão simplificada e geralmente possui pouca margem de erro.

E dependendo da aplicação que será usada, é necessário usar o método mais completo que será explicado adiante.

Até aqui você aprendeu como descobrir o eletroduto adequado usando a tabela de dimensionamento.

Mas agora vamos aprender como fazer o completo dimensionamento de eletrodutos através dos seguintes cálculos abaixo.

5 passos para fazer o dimensionamento de eletrodutos

Para facilitar o entendimento, vamos considerar um circuito monofásico para alimentação de um circuito de tomada geral em um eletroduto.

Neste caso, o circuito terá 3 condutores e a seção dos condutores será de 2,5 mm², de acordo com a norma NBR 5410.

Este é apenas um exemplo simples que será dividido em 5 passos para que possamos calcular passo a passo o dimensionamento de eletrodutos, vamos começar.

PASSO 1: Definir o tipo de cabo para fazer o dimensionamento de eletrodutos.

No primeiro passo, nós precisamos definir o tipo de cabo que será utilizado.

Isso é muito importante porque cada cabo possui dimensões diferentes de acordo com suas características.

É o caso do cabo unipolar, PVC 70°C, 750V, CLASSE 5 que é usado na distribuição interna de iluminação e tomada.

Além disso, temos também o cabo unipolar, PVC 70°C, 0,6/1kV, CLASSE 5 que é usado na alimentação dos quadros internos residenciais/comerciais em curtas distâncias a partir da mureta de medição.

E também o cabo unipolar, EPR/XLPE 90°C, 0,6/1kV, CLASSE 2 que é usado na alimentação de quadros em maiores distâncias e com correntes elevadas, também utilizado em subestações.

Existem vários tipos de cabos elétricos, mas os exemplos acima foram citados porque são os tipos de cabos mais utilizados.

Mas para o nosso exemplo será usado a primeira opção para nossos condutores sendo o PVC 750V, 70°C, CLASSE 5 da marca Conduspar.

Agora o nosso próximo passo será verificar com o fabricante o diâmetro externo do cabo elétrico.

Passo 2: Verificar o diâmetro externo na tabela do fabricante para o dimensionamento de eletrodutos

Para verificar o diâmetro externo do cabo e outras informações importantes, nós precisamos recorrer a tabela do fabricante da marca Conduspar.

A Conduspar, uma empresa brasileira que completa 32 anos de mercado em 2018, está presente em praticamente todos os segmentos, com uma ampla gama de cabos de energia e telecomunicações.

Por isso, acessamos o site da fabricante Conduspar e acessamos o catálogo online da Conduspar para verificar as especificações técnicas dos produtos.

Neste caso foi utilizado os cabos Flexpar® BWF 750V que são indicados para as instalações elétricas comuns, e principalmente para os circuitos internos de energia e iluminação.

Confira abaixo a tabela dos condutores isolados da linha linha Flexpar® 750V de 70°C, com CLASSE 5 e suas especificações técnicas.

E como podemos analisar na tabela acima, o próprio fabricante nos dá algumas informações como o diâmetro externo dos condutores.

É a partir deste diâmetro externo que vamos seguir para o próximo passo e assim calcular a área que cada condutor vai ocupar.

Passo 3: Calculando a área do condutor para fazer o dimensionamento de eletrodutos

Antes de prosseguir direto para o cálculo da área do condutor é importante que você saiba que temos tanto o diâmetro interno do cabo e também o diâmetro externo.

Neste exemplo abaixo é possível verificar a representação do diâmetro externo de um eletroduto e o diâmetro interno é o espaço ocupado somente pelos cabos.

Para calcular a área dos nossos condutores, é importante lembrar que eles são condutores de 2,5 mm² para tomadas de uso geral.

E segundo a tabela da Conduspar, um cabo de 2,5 mm² com as especificações que definimos no passo 2, terá um diâmetro externo de 3,7mm.

Neste caso, vamos calcular a área usando a seguinte fórmula:

S = π*(D²)/ 4

Onde:

  • S é a área da seção transversal em milímetros quadrados
  • π é a constante 3,14
  • D é o diâmetro do condutor em milímetros

Agora basta fazer a substituição dos valores na fórmula acima, sendo o π por 3,14 e o diâmetro externo do condutor é de 3,77mm.

Neste caso, o resultado dessa operação diz que um condutor vai ocupar um espaço de 11,15 mm² no interior do eletroduto.

Agora o nosso próximo passo é encontrar a área interna do eletroduto.

Passo 4: Procure a área interna do eletroduto para fazer o dimensionamento de eletrodutos

No passo anterior nós encontramos a área que será ocupada por um único condutor e agora nós iremos procurar qual é a área interna total que pode ser ocupada dentro desse eletroduto.

Como o nosso exemplo é referente a uma instalação elétrica residencial, nós estaremos usando o eletroduto flexível e o mais comum para este tipo de ambiente.

Por isso, para facilitar ainda mais o nosso aprendizado, confira na imagem abaixo os tamanhos mais comuns de eletrodutos e suas medidas.

E neste caso na última coluna já inserimos o valor da área total a ser ocupada considerando o limite de 40% de todo o eletroduto, conforme a orientação da norma NBR 5410.

Isso acontece porque dificilmente nós teremos apenas um ou dois cabos passando dentro de um mesmo eletroduto.

Então essa regra de 40% para a taxa de ocupação no eletroduto se tornará padrão de uso.

Agora seguiremos para o último passo para fazer a comparação do espaço ocupado pelo cabo com o espaço disponível no eletroduto.

Passo 5: Comparar a ocupação dos condutores com eletrodutos no dimensionamento de eletrodutos

Agora que já sabemos como calcular o quanto um cabo ocupa e quanto cada eletroduto suporta, podemos fazer a comparação das áreas.

Neste exemplo estamos falando de um circuito monofásico para alimentação de um circuito de tomadas de uso geral em uma residência.

E neste caso serão passados três condutores de 2,5 mm² em um eletroduto flexível, respeitando a taxa de ocupação máxima de 40% do eletroduto.

Neste caso, se cada condutor possui uma área de 11,15 mm² no interior do eletroduto, então os três condutores juntos irão ocupar no máximo 33,45 mm².

Agora que calculamos a área dos três condutores é só voltar na tabela de eletroduto e comparar com a área interna calculada com taxa de ocupação de 40%.

Observando a tabela de eletroduto flexível no quarto passo, podemos perceber que o eletroduto de 3/4’’ possui uma área de 113,41 mm², respeitando o limite imposto pela norma.

E como a área dos condutores que é de 33,45mm² é menor que a área interna do eletroduto que é de 113,41 mm², ele é o escolhido para a instalação.

É importante destacar que técnicos e engenheiros que trabalham com elaboração de projetos elétricos utilizam planilhas que automatizam essa parte dos cálculos.

E geralmente essas planilhas em Excel são disponibilizadas durante as aulas em vários cursos de projetos elétricos.

O que você achou deste artigo que ensina como fazer o dimensionamento de eletrodutos? Compartilhe aqui nos comentários, o que achou mais interessante!