Elétrica

3 tipos de potência elétrica e o fator de potência

Mardey Costa
Escrito por Mardey Costa em 27/05/2022
Junte-se a mais de 20.000 pessoas

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe quais são os tipos de potência elétrica e qual a relação entre cada uma delas na prática?

Neste artigo, vamos explicar quais são os tipos de potência elétrica e qual a relação entre cada um dessas potências na prática..

Portanto, se você quer aprender mais sobre esse assunto, então continue lendo esse artigo. Nele você vai aprender mais sobre:

Gostou do que vem por aí? Então não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos nas redes sociais, para que eles possam descobrir os tipos de potência elétrica.

Mas antes de ler este artigo completo, conheça nossos 3 cursos com certificado reconhecido e descubra porque 2000 alunos tiveram resultados.

Curso de Projeto Elétrico na Prática

Curso de projeto elétrico na prática com engenheiro eletricista Anderson Campos

Acesse o botão verde abaixo e descubra finalmente como elaborar projetos elétricos da teoria a prática.

Curso de Eletricista Instalador

Curso de eletricista instalador com Ricardo Serpa

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como se tornar ser um eletricista instalador muito bem remunerado.

Curso de Comandos Elétricos

Curso de comandos elétricos com Jair Maciel dos Santos

Acesse o botão verde abaixo para descobrir como fazer montagem e manutenção de comandos elétricos industriais e sistemas automatizados.

Escolha um dos cursos acima para saber mais e faça a sua inscrição hoje com até 50% desconto em 12x no cartão, PIX ou boleto a vista e ainda ganhe bônus exclusivos.

3 tipos de potência elétrica

No artigo anterior, nós explicamos sobre os tipos de potências.

Neste caso, estamos falando da potência ativa, a potência reativa e a potência aparente.

Mas se você ainda tem dúvidas ou não viu esse artigo, então você pode acessar o conteúdo acima para saber mais.

Mas muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre qual a relação entre esses tipo de potências.

Por isso, vamos explicar na prática usando o exemplo clássico de um copo de chopp, confira abaixo.

Tipos de potência ativa

Antes de explicar a relação entre os tipos de potência, é importante destacar que o que é a potência ativa.

A potência ativa é o tipo de potência que efetivamente realiza trabalho.

Neste caso, ela é capaz de gerar calor, luz, movimento, e fazer os motores girarem, e realizando todo o trabalho do dia a dia.

Por isso, a sua unidade de medida é determinada em Watts (W) ou Kilowatts (KW), e sua simbologia é  representada pela letra maiúscula P.

Agora vamos explicar novamente o que é a potência reativa, confira abaixo.

Tipos de potência reativa

A potência reativa é o tipo de potência que é usada apenas para criar e manter os campos eletromagnéticos.

Neste caso, esse tipo de potência é muito importante por exemplo para que o eixo dos motores possa girar.

Neste caso, a potência reativa é o tipo de potência que está presente em motores, transformadores.

Também em reatores, lâmpadas fluorescentes e outros tipos de equipamentos.

Mas na prática, esse tipo de potência reativa não produz trabalho útil.

Isso significa que esse tipo de potência circula entre o gerador e a carga, exigindo do gerador e do sistema de distribuição uma corrente elétrica adicional.

Neste caso, a potência reativa é medida em kilovolts Amperes Reativos (KVAr), e sua simbologia é  representada pela letra maiúscula Q.

Agora vamos explicar o que a potência aparente, confira abaixo.

Tipos de potência aparente

A potência aparente é o tipo de potência total que é absorvida por uma instalação elétrica.

Neste caso, se nós efetuarmos a composição da potência ativa e a potência reativa.

Então iremos encontrar o que chamamos de potência aparente ou a potência total.

Neste caso, a potência aparente é medida em kilovolts-amperes (KVA), e sua simbologia é  representada pela letra maiúscula S.

Agora vamos explicar a relação direta entre os tipos de potência.

E para que você possa entender melhor, vamos fazer uma comparação bem didática entre os  tipos de potência e um copo de cerveja.

3 tipos de potência elétrica e um copo de chopp

Para explicar a relação direta entre os tipos de potência elétrica na prática.

Decidimos usar o exemplo clássico de um copo de chopp, confira abaixo.

Comparação entre os tipos de potência e um copo de chopp

Na imagem abaixo é possível visualizar o exemplo de um copo de chopp, confira.

Relação entre os tipos de potência elétrica e um copo de chopp

Na imagem acima é possível visualizar que o copo está cheio de chopp com espuma.

E também podemos visualizar os três tipos de potência ativa, a potência reativa e a potência aparente com setas de limitação na imagem acima.

Mas qual seria a relação entre o copo de choop e as potências elétricas, é o que vamos entender agora.

Tipos de potência e um copo de chopp

Neste caso, é importante destacar que quando você pede um copo de chopp.

Então o correto seria que o copo ou a caneca de chopp viesse cheio de líquido até a borda.

Mas geralmente o que temos é uma camada de espuma no topo, conforme a imagem acima.

Na imagem acima, coloquei o copo cheio de chopp com as representações de carga das potências, com as setas de limitação.

Diferença entre os tipos de potência

Neste caso, é importante destacar que a camada de espuma que apesar de não ter sido comprada.

Também ocupa lugar no copo, mas que poderia estar cheio de chopp.

Neste caso, podemos dizer que todo o copo representa a potência aparente (VA).

Em seguida, podemos dizer que o chopp líquido seria a potência ativa (W).

E a espuma do chopp, ou seja a parte que consideramos indesejada, já que queremos beber a parte líquida,  então seria a potência reativa (VAr).

Mas o que tudo isso quer dizer na prática, é o que vamos compreender agora, confira.

Relação entre os tipos de potência elétrica

Depois de citar o exemplo do copo de chopp e tentar explicar a relação entre a potência ativa, reativa e aparente.

Então podemos observar conforme o exemplo acima que quanto mais espuma tiver no copo.

Então haverá uma maior quantidade de espaço no copo sendo ocupado e provavelmente menos líquido irá caber no copo.

Tipos de potência e baixo fator de potência

Na prática, sabemos que a espuma não vai matar a nossa sede.

E isso significa que quanto maior a quantidade de espuma.

Então menor será o valor do fator de potência..

E isso acontece porque o valor do fator de potência varia em uma escala de 0 a 1.

Mas quanto menos espuma tiver no copo, então menos espaço será ocupado por ela, confira abaixo.

Tipos de potência e alto fator de potência

Neste caso, quanto menos espuma tiver no copo, então poderá caber mais líquido no copo.

E o que de fato será fundamental para matar a sede.

Na prática, isso significa que quanto menor a quantidade de espuma.

Então podemos dizer que  o valor do fator de potência tende a ser maior.

E como o valor do fator de potência varia em uma escala de 0 a 1.

Então isso significa que ele tende a ser mais próximo de 1.

Mas antes de finalizar este artigo que explica os tipos de potência e a relação entre cada uma delas na prática, leia a orientação abaixo.

Mais informações sobre tipos de potência e o fator de potência elétrica

Mas se você ainda tiver alguma dúvida sobre o que é potência ativa, reativa ou potência aparente.

Então você pode conferir esse artigo que explica sobre o triângulo das potências para saber mais.

Fator de potência

Neste caso, é importante destacar que nós já fizemos um artigo completo explicando tudo sobre o fator de potência.

E neste artigo nós também explicamos sobre a relação entre os tipos de potência.

Além disso, também explicamos como calcular e corrigir o fator de potência elétrica.

Então se você tiver interesse em aprofundar neste assunto, então acesse o artigo acima para saber mais.